Search results for

label/Aquela das colagens

estampa-na-decoracao

Estampas na decoração

Algumas notas sobre Quartos

patterns

Estampas na decoração são legais porque conseguem fazer a diferença visualmente, mesmo quando aparecem em pequena quantidade. É uma mistura de desenho e cor que pode ficar incrível em um papel de parede – se você quiser mais impacto – ou pode aparecer na cúpula/base de um abajur, em um quadro, em um móvel e no meu local preferido: almofada. Independentemente de onde você decida usar isso, é importante ter cuidado ao misturar várias estampas. Às vezes fica muito bonito juntar estampas completamente diferentes, às vezes não. É exatamente como no design de moda, de alguma forma essa mistura precisa fazer sentido.
Essa colagem eu iniciei a partir da almofada florida, que tem essa aparência meio retrô. Como eu queria um resultado mais moderno, não utilizei mais nada com estampa e limitei a paleta de cores, que se resume em tons acobreados, preto e branco. O quadro com desenho geométrico abstrato é grande e fica propositalmente apoiado no chão. Vaso com planta natural e livros pra preencher a mesa de cabeceira com um pouco mais de ~vida~.
Beijo e até o próximo!

No espaço

Colagem

papel-de-parede-estampa-universo

Criei esse quarto usando o papel de parede como ponto de partida. A estampa dele me lembra o espaço ou um céu noturno com estrelas e fogos de artifício…a cama tinha cabeceira, mas achei que a composição ficou melhor sem ela porque então a sensação de estar além do quarto parece maior. Será? Essa mistura de verde e preto também ficou interessante. Reparou que o criado-mudo é só um nicho de MDF laqueado? É fácil de encontrar e não é muito caro!
Resumindo, o design de interiores é uma ferramenta riquíssima para explorar os sentidos. A “mágica” pode estar na estampa que a gente escolhe, no toque dos tecidos, nas cores, na luz…é um mundo a ser descoberto.
Beijos!
Thyeme Figueiredo

Our yellow

Colagem
yellow-color
Olhando algumas colagens antigas percebi que nunca havia criado nada com amarelo em destaque. Vez ou outra ele aparecia na cúpula de um abajur, em uma almofada…mas nunca na cor da parede e sempre sendo apenas um complemento. Resolvi tentar. Aí depois de acrescentar alguns detalhes eu lembrei de yellow submarine dos beatles. Nunca tinha prestado atenção na letra dessa música e ela é bem bonitinha!
SOBRE OS ITENS USADOS:
Esse pequeno espaço da parede em amarelo foi o ponto inicial de tudo. Minha ideia é que nesse local a parede tenha alguns centímetros a mais para frente, assim o papel de parede – esse lindo que parece uma renda – não fica perdido no espaço. Ele tem onde começar e onde terminar. Todas as almofadas são diferentes, mas cuidei de escolher três com um tom de azul escuro que combina bastante com o amarelo. As outras são um detalhe a parte. O criado-mudo tem linhas retas e o tom de madeira é muito versátil, combina com todas as idades e até estilos. Um quadro com foto (100% nacional e eu adoro essa fotógrafa) e outro com arte mais minimalita finalizam a decoração.
  Você pode participar sugerindo uma cor/combinação para as próximas colagens!  
Um beijo e até o próximo! → Acompanhe
Thyeme Figueiredo

Dúvida do leitor – quarto azul e parede listrada?

Uncategorized
“Gostaria de alguma dica para fazer no meu quarto. Ele é completamente branco com uma cortina blackout azul marinho. E nele tenho somente a cama. A opção de ter somente a cama foi minha, pois o guarda roupas fica em um closet. Pensei na cor azul, primeiramente escuro, e na parede da cabeceira usar um papel de parede com listras azul e branco. O que tu me sugeres?
Obrigado e parabéns pelo site, excelente!”
quarto-do-leitor A dúvida do leitor Marcos estava na minha caixa de entrada aguardando por um post há alguns meses, enquanto eu me organizava para escrever com bastante calma para tentar detalhar algumas coisas o máximo possível. No e-mail dele encontrei a oportunidade de explorar mais o assunto “quarto” aqui no blog, por isso agradeço o contato e espero conseguir ajudar! Preparados para um post mais longo?

O espaço e a necessidade
Bem, o quarto dele é pequeno, menos de 9 metros quadrados. Mas como ele possui um closet e não precisará de armário no quarto, esse espaço é bem razoável. Espaços pequenos não devem ficar lotados de coisas porque a sensação de encolhimento pode ser sufocante. É importante manter as coisas organizadas (ou não muito bagunçadas) e planejar bem os locais para guardar livros e outros objetos que se queira manter no quarto. Cama baú, como é o caso da dele, ajuda no que diz respeito a guardar coisas que não são utilizadas com muita frequência (do contrário não é nada prático). Outra solução é ter criado-mudo com gavetas ou nichos e estantes baixas.

A cor
Azul é uma cor muito bonita e tem uma variedade enorme de tons, sendo o azul escuro um dos mais legais para se usar no design de interiores, na minha opinião. Mas existe um conselho sobre cores escuras em espaços pequenos: não abuse! É que as cores escuras passam a sensação de proximidade, então se você pinta todas as paredes de um quarto pequeno em um tom escuro, não vai demorar a sentir que tem menos espaço do que imaginava. Não é que não possa fazer assim, mas se o objetivo for fazer parecer maior isso não será uma boa escolha. Minha dica então seria colocar as listras em azul e branco na parede de cabeceira sim (vai ficar lindo!) e deixar as outras paredes com uma cor neutra e clara – branco, bege, cinza claro são boas candidatas. Ah, as listras podem ser feitas apenas com tinta, não precisa exatamente ser papel de parede!

colagem-listras


A roupa de cama
A roupa de cama pode valorizar ou desvalorizar muito a decoração de um quarto e é preciso ter cuidado com as estampas. Na dúvida, escolha os enxovais lisos e dê preferência para tons claros.

Iluminação e cortina
Um único ponto de luz no centro do teto não é algo muito legal nem para um espaço minúsculo. Há todo um estudo e cálculo a ser feito para a distribuição correta da luz (algumas lojas especializadas em iluminação até auxiliam nesse aspecto), mas se não tiver jeito, invista em abajures ou em sancas para ter uma luz mais discreta, mesmo que só em algumas horas da noite.

Tudo bem usar um blackout. Mas pode ser que sobre ele você queira usar outra cortina mais fina, que vá até o chão, talvez. Esteticamente fica mais interessante, porque quando a janela estiver aberta e o blackout recolhido, ainda assim você terá um enfeite para a janela, por assim dizer.

Quanto à decoração…
…existe uma infinidade de ideias e vai do profissional ou da pessoa, que está fazendo tudo por conta própria, decidir o que é melhor e mais interessante de acordo com o seu próprio estilo. Nas colagens de design de interiores que crio e publico semanalmente aqui no blog, sempre tento explorar essa infinidade de idéias, logo, essa categoria pode ser um bom lugar para conseguir inspiração e fazer as suas escolhas. Pesquisar aqui ou em sites como o pinterest e outros blogs também é uma boa dica, sempre observando se essa ou aquela ideia ficaria boa no seu espaço e prática para o seu modo de viver.

Acredito ter conseguido resumir vários pontos importantes de forma direta + links e você pode comentar se tiver alguma outra dúvida ou quiser saber ainda mais sobre qualquer tópico!

Um beijo!

Thyeme Figueiredo

Identidade

Colagem
quarto-masculino


!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0],p=/^http:/.test(d.location)?’http’:’https’;if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=p+’://platform.twitter.com/widgets.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document, ‘script’, ‘twitter-wjs’);
Quanto tempo na vida você já perdeu tentando se definir ou se descrever? Eu já perdi muito tempo e quando pensei ter encontrado a definição perfeita, mudei completamente na semana seguinte. A gente vai se refazendo, todo dia descobrindo um pouco mais desse mundo que por vezes é tão entediante mas que nunca deixa de surpreender. E a cada descoberta, um pedaço nosso se modifica. Criei essa colagem pensando no tema “identidade” e o quão simbólico para mim seria ter uma almofada, um pôster ou qualquer outro objeto com a minha própria impressão digital fazendo parte da decoração (a carteira de identidade não conta lol), afinal, essas linhas salientes na ponta dos nossos dedos nos diferenciam até melhor que o próprio DNA…

Deu pra notar que o quarto tem um “toque” mais masculino? Junto com a almofada de impressão, coloquei duas almofadas com listras em zigue-zague – combina porque são listras, mas o formato diferente faz um constraste. Usei papel de parede só em 1/3 da parede e valorizei os tons de azul (pufe e arte abstrata) e roxo (criado-mudo). O quadrinho com o pôster inspirado em breaking bad da loja na casa da Joana em formato A5 e a moldura com a teia de aranha ajudam a definir a personalidade do dono do quarto, com base nas coisas que ele gosta (e o tamanho pequeno de ambos ajuda na composição).
arte
papel-de-parede
almofada-impressao-digital
É simples, fácil de copiar e ao mesmo tempo é único. Como você. Como eu.

Beijos!

Thyeme Figueiredo